Se você é um viajante e não deixa de fora das suas viagens o seu bicho de estimação, confira algumas dicas para viajar bem com seu bicho de estimação durante todo percurso da viagem. Hoje em dia é muito comum os donos levam seus cães, gatos e até mesmo seu papagaio pelo Brasil a fora. E foi pensando nisso que resolvi escrever esse post.

Dicas para viajar bem com seu animal de estimação

DICAS IMPORTANTES:

  1. Caso seja a sua primeira viagem com seu animal de estimação, prefira passar apenas um fim de semana. Pois assim você poderá observar como será o comportamento do seu pet;
  2. Escolha um destino que seja favorável ao seu pet. Geralmente em cidades menores costuma ser uma ótima para os pets. Sempre pesquise se é possível ele ficar nos hotéis ou pousadas antes de fazer a reserva;
  3. Confirme se o hotel ou pousada realmente aceita animais de estimação e quais são as condições. Como por exemplo: onde ele irá dormir, quais serão as áreas comuns onde ele poderá circular;
  4. Confirme se o hotel ou pousada realmente aceita animais de estimação e quais são as condições. Como por exemplo: onde ele irá dormir (com você no quarto ou em um canil), quais serão as áreas comuns onde ele poderá circular, se será combrada alguma taxa e o que é e não é permitido no local;
  5. Se seu pet for de latir muito, prefira sempre os quartos mais distântes dos outros (de preferência aos chalés, sempre são uma ótima opção), assim o seu pet não irá incomodar os outros hóspedes;
  6. Sempre coloque na coleira do seu pet uma etiqueta de identificação, e leve uma foto do seu animal para poder mostrar as pessoas caso ele se perca;
  7. Caso a viagem que você escolheu for muito longa ou estressante para o seu animal de estimação pode ser necessário o uso de tranquilizantes, porém antes de dar o remédio receba as orientações devida do veterinário.
  8. É importante levar na bagagem todos os itens do seu animal de estimação, como kit de primeiros socorros, a ração a qual ele está adaptado e material de higiene ( todos esses itens deve ter uma quantidade suficiente para toda viagem). Não esqueça dos brinquedos preferidos do seu animal de estimação, assim ele poderá se distrair no trajeto e no destino;
  9. Sempre mantenha a carteirinha de vacinação do seu pet em dia. Também é importante levar a carteirinha na viagem, e ela deve está totalmente regularizada e assinada pelo veterinário. Dê atenção à vacina anti-rábica, pois ela é muito importante tanto para viagens nacionais como as internacionais. Lembrando que ele deverá ser aplicada pelo menos 30 dias antes da data da sua viagem, no caso da primeira dose, e é válida por um ano;
  10. Vai fazer uma viagem nacional, então é preciso apresentar um “atestado de saúde” ou “certificado sanitário”, que é emitido por veterinário e contendo as informações como o nome do animal, a raça, a sua origem, estado geral de saúde, o nome do proprietário e em destaque para o comprovante de imunização anti-rábica.
  11. Caso a viagem seja internacional, é indispensável apresentar o CZI (certificado zoosanitário Internacional), que é emitido gratuitamente pelo ministério da agricultura nos aeroportos internacionais ou na prória sede do Ministério da Agricultura de cada estado. Procure verificar nas embaixadas ou consulados as exigências específicas de cada país de destino para a entrada do seu pet.
  12. Quando for partir para a viagem, procure um horário tranquilo, evite períodos de muito trânsito ou calor.
  13. Não é permitido o transporte do animal solto dentro do carro. Por isso é preciso usar um cinto de segurança apropriado para o pet, usar uma caixa de transporte ou uma cadeirinha especial.
  14. Durante o percurso da viagem faça paradas regulares assim seu animal poderá se exercitar, fazer suas necessidades e beber água.
  15. Durante a viagem evite em alimenta-lo, pois isso pode acabar favorecendo o enjoo no seu pet. O ideal é dar uma refeição leve duas ou até três horas antes de sair em viagem.
  16. Talvez seja necessário colocar uma capa no bando de trás do seu carro, para que o animal não destrua.
  17. Não deixe seu pet preso dentro do carro fechado, principalmente se estiver estacionado no sol
  18. Nunca deixe o seu pet sozinho no quarto do hotel ou pousada. Ele pode latir sentindo a sua falta ou até causar danos materiais.
  19. Mantenha as patinhas do seu pet limpinhas e secas, para não sujar os locais por onde ele irá circular.
  20. Quando o seu tiver que fazer as suas necessidades é preferível que ele faça fora do hotel ou que seja recolhido.

Sempre permita que seu pet possa aproveitar das áreas livres para brincar na grama e correr. Assim a viagem será proveitosa para todos.